Carnaval sustentável: 9 dicas para aproveitar sem prejudicar o ambiente

“Ó abre alas

Que eu quero passar

Ó abre alas

Que eu quero passar…”

 

Todo início de ano o mesmo ciclo se repete, após as comemorações pela chegada novo ano, começa a expectativa pela aproximação com o Carnaval. Afinal, como diz aquele velho ditado, “o ano só começa de verdade após o Carnaval”.

Esses dias de folia são repletos de comemorações e são mais uma oportunidade de nos reunirmos com aqueles que amamos para comemorarmos a vida.

Aliás, sabe quem também sempre marca presença em todos os carnavais? O plástico!

Ele está presente nas fantasias das escolas de samba, nos equipamentos dos blocos, nas decorações temáticas.

E você também o usa na fantasia improvisada para curtir a folia, nos copos de plástico, no glitter utilizado para brilhar nos dias de festas e em vários outros detalhes que transformam o Carnaval numa data tão querida pelos brasileiros.

Entretanto, apesar de ser indispensável, é preciso que esse plástico receba o descarte correto e seja utilizado de maneira consciente para que não se torne uma grande dor de cabeça.

Ter essa atitude consciente auxilia não apenas o meio ambiente, mas também o seu bolso. E ela ainda fará com que o plástico e outros materiais não se tornem os vilões da folia, mas sim apenas adereços de Carnaval.

 

Veja a lista com 9 dicas para deixar o seu Carnaval muito mais sustentável e de bem com o meio ambiente.

 

Confete biodegradável

O confete é quase um item onipresente quando falamos em Carnaval, já que ele colore e é praticamente uma decoração obrigatória em blocos de rua.

Entretanto, como esse item pode ser feito de papel ou plástico, é bem provável que realize uma bagunça desnecessária e que pode deixar rastros durante meses.

Uma ótima opção biodegradável é utilizar folhas de árvores! Isso mesmo, com um furador de papel (e um pouco de corante, se você quiser) é possível fazer o seu próprio confete, uma alternativa acessível e totalmente sustentável.

Fantasias reutilizáveis

Outra característica marcante do Carnaval são as icônicas fantasias, que são cada vez mais inovadoras a cada ano que passa.

Para ter uma fantasia diferente e da moda, não é preciso comprar uma nova toda vez. Você pode usar o seu próprio acervo (e a imaginação) para criar algo totalmente diferente e reutilizando peças de outros carnavais.

Esse tipo de fantasia tem até um nome específico: upcycling, um conceito de moda sustentável que é quando você utiliza sobras (ou roupas que estavam paradas no guarda-roupa) para criar algo novo!

Garrafinha/copo reutilizável

Já pensou o quanto você pode economizar e ajudar o meio ambiente ao ter um copo ou uma garrafinha reutilizável para usar durante todo o bloco? Você ainda pode amarrar um tirante e diminuir as chances de perder o seu copo durante a festa.

Assim, você evita ter que utilizar um copo nova a cada bebida que comprar, o que faz com que os vendedores ambulantes também desperdicem menos copos descartáveis e até economizem também.

Glitter biodegradável

Nos últimos anos, o glitter ganhou um grande destaque nas festas de Carnaval. Além de todo o glamour, ele ainda é uma ótima opção de fantasia prática e barata.

Mas o que nem todo mundo sabe é que, quando utilizado em excesso, o glitter pode ser prejudicial ao meio ambiente – mais precisamente aos rios e oceanos.

Ele é formado por micro partículas de plástico – que dificilmente conseguem ser recicladas – e acabam passando pelo filtro do esgoto, sendo despejado no mar.

Não fique chateado, não é preciso banir o glitter da sua vida. Você pode utilizar a versão biodegradável, que evita com que esse tão amado adereço seja mais uma forma de poluição. Hoje em dia, há diversas opções mais acessíveis desse tipo de glitter e purpurina.

Faça seu próprio glitter

Você sabia que, além da opção biodegradável, é possível preparar em casa o seu próprio glitter? São opções simples e baratas:

Glitter comestível

Veja três receitas diferentes que preparam opções comestíveis de glitter. Além de baratas, dificilmente essas alternativas causarão algum tipo de alergia ou de poluição ao meio ambiente.

Glitter de sal

Essa receita só precisa de sal e corante de alimentos! Separe o sal em um potinho e pingue algumas gotas de corante, até conseguir o tom desejado. Depois, é só misturar bem os dois ingredientes e o “glitter” secar naturalmente entre duas e três horas.

Canudo reutilizável

O canudinho ainda é muito utilizado pelos brasileiros, já que crescemos com o hábito de utiliza-lo para tomar sucos, refrigerantes e até mesmo água.

Não podemos negar a importância dele, já que o canudo plástico permite que pessoas com deficiência possam ingerir alimentos devido à sua flexibilidade.

Porém, nas festas de Carnaval, para evitar o desperdício, uma ideia sustentável é investir em canudos reutilizáveis.

Pode até usar os de plástico, desde que sua densidade permita com que ele seja mais rígido e possa ser utilizado diversas vezes, evitando o uso desenfreado e desnecessário.

Mochila para carregar seus resíduos

Nos dias de hoje, é bem difícil sair de casa sem levar uma bolsa, mochila ou pochete, não é mesmo? Afinal, é recomendado estar sempre com alguns documentos oficiais, assim como dinheiro, cartão e as chaves de casa.

Que tal incluir nesse seu apetrecho mais uma função? Ao levar uma bolsa um pouco maior, é possível guardar os seus resíduos (aqueles que podem ser reciclados, por exemplo) para mais tarde realizar o descarte correto, ou até mesmo para não jogá-los na rua, e sim na lixeira mais próxima.

Se você estiver em um grupo de amigos, pode até mesmo rolar um rodízio para que cada um fique responsável por um tempo pela mochila dos recicláveis.

Menos combustível e mais diversão

Evite a todo custo ir com o seu automóvel para curtir o Carnaval. Além de ser perigoso, devido à ingestão de bebida alcoólica, é muito mais sustentável utilizar transportes coletivos (seja ônibus, metrô, trem ou uma carona compartilhada).

Com isso, você não precisa se preocupar com estacionamento, combustível e a segurança do seu carro, além de contribuir para a diminuição da emissão de gases poluentes na sua cidade.

Os aplicativos de transporte também são uma boa pedida para chegar em casa com segurança. Procure dividir com amigos!

Lixo no lixo: reciclável sempre que possível

A última dica pode parecer bem óbvia, mas no momento da folia muitos esquecem: lixo deve ser descartado no lixo.

É bem mais cômodo abandoná-lo em qualquer canto ou na rua, mas isso pode trazer um grande dano para o meio ambiente.

Quando a festa de Carnaval é na rua, é só segurar um pouco os resíduos e deixá-los em uma das milhares de lixeiras distribuídas pelas ruas da cidade. Caso seja em um local fechado, é mais fácil ainda!

E, se não for pedir demais, lembre-se de separar os resíduos recicláveis. Assim, você ainda garante o descarte correto e evita que aquele item que te trouxe tanta felicidade transforme-se em um vilão para o meio ambiente.

Aproveite a folia e divirta-se com segurança neste Carnaval!

Associe-se