Como os plásticos descartáveis ajudam na proteção contra o novo Coronavírus

Assim como o vírus da gripe comum, o novo Coronavírus (2019-nCoV) é transmissível por contato. Quando alguém contaminado encosta a boca na borda de um copo, por exemplo, essa bebida também já passa a estar contaminada. Ou seja, assim que a saliva encosta na borda do copo, garrafa, talher ou lata, esse objeto já passa a servir como meio de contágio para as outras pessoas.

Em tempos de tanta preocupação com o Coronavírus, o uso de copos, talheres, pratos e garrafas descartáveis passa a ser alternativa mais interessante e viável caso você queira garantir que está usando algo limpo.

 

 

Quando você vai em um novo bar ou restaurante, é praticamente impossível saber se houve uma higienização correta dos utensílios pessoais como copos e talheres. Se considerarmos o enorme número de pessoas que frequentam esses lugares, é extremamente importante garantir que esses objetos estejam limpos e adequados.

Segundo a Dra. Daniella Costa de Menezes e Gonçalves, médica Infectologista do Instituto Zilberstein, o uso de produtos descartáveis é um aliado importante na prevenção desta doença. “O uso, assim como o descarte correto desse tipo de produto é uma importante estratégia na prevenção da disseminação de diversas doenças infectocontagiosas, principalmente naquelas transmitidas por gotículas”, explica a médica.

 

A questão da higiene em restaurantes, bares e lanchonetes

Para fazer uma higienização eficaz dos utensílios de restaurantes, não adianta usar só água e sabão. Para um processo de desinfecção correto é preciso imergir os objetos por alguns minutos em água fervente ou clorada.

 

 

Quantos restaurantes que você frequenta imagina que seguem esse protocolo corretamente? Muito poucos. Mesmo em ambientes domésticos para que esse tipo de material seja considerado limpo é necessário passar álcool 70% ou hipoclorito de sódio (conhecido popularmente como água sanitária) após a lavagem. Alguns restaurantes têm sim um processo de esterilização adequado e oferecem copos e talheres limpos, mas eles não são a maioria.

Para se ter uma ideia da dimensão deste problema, um estudo sobre as condições sanitárias dos copos, louças e talheres dos restaurantes, bares e cafés do centro da cidade de São Paulo examinou 32 cafés e bares e 12 restaurantes escolhidos de forma aleatória. Dentre todos eles, apenas 14,1% das xícaras puderam ser consideradas limpas e nenhuma amostra de copos foi encontrada nos limites desejáveis de limpeza.

Considerando tudo isso, a melhor alternativa em tempos de Coronavírus é mesmo usarmos objetos que sabemos que não foram utilizados antes e que não serão utilizados depois, ou seja, produtos descartáveis. E de preferência, claro, descartar esses produtos em pontos de coleta adequados que farão a sua reciclagem correta.

 

Outras medidas interessantes para se prevenir do Coronavírus

Além de ter muita atenção com a limpeza de copos e talheres é interessante ter muito cuidado ao compartilhar objetos pessoais. O compartilhamento pode causar muitos problemas quando se trata do vírus. Veja no infográfico abaixo de que outras formas você pode se prevenir.

 

Associe-se