É tendência: plástico nas passarelas (e dentro do guarda-roupa!)

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

A moda sempre nos pega de surpresa, reinventando-se e lançando tendências que, à primeira vista, parecem algo que jamais funcionaria no dia a dia, somente nas passarelas e editoriais de revistas.

Leia também: Como realizar um casamento eco-friendly!

Uma dessas tendências é o plástico! Isso mesmo! O material, desde o ano passado, vem se destacando entre grifes, celebridades e digital influencers, e pouco a pouco abre espaço dentro do nosso guarda-roupa. É cada vez mais o mundo se adaptando para criar uma moda sustentável.

Se você ainda tem dúvidas se deve ou não aderir à tendência, agora te falamos 8 motivos para começar usar itens de plástico nos looks do seu dia a dia:

  1. Durabilidade: por não se deteriorar facilmente, os acessórios duram mais do que outros materiais, além de serem resistentes a quedas, água, etc;
  2. É mais uma maneira de praticar a reciclagem, pois o material pode ir facilmente para as fábricas das grifes, e por fim as passarelas e lojas;
  3. A moda está tão forte que outros materiais também estão entrando em foco. O surfista Kelly Slater lançou uma coleção de roupas onde o tecido é feito a partir de redes de pesca abandonadas no oceano. O cantor Pharrel apostou nessa e lançará uma linha de roupas ecologicamente corretas (o plástico é um dos materiais utilizados). Incrível, né?
  4. São ótimas alternativas para quem é vegano/vegetariano e não quer usar acessórios/roupas de couro;
  5. Você estará atualizado (a) nas tendências;
  6. É uma forma de ajudar o meio ambiente, tendo em vista de que a demanda de materiais no mundo da moda é grande e muda rapidamente, cada vez mais é importante apoiar causas e enfatizar que materiais recicláveis podem ser fashion também;
  7. Ajudam a criar oportunidades de trabalho;
  8. Garrafas PET também são recicladas, fazendo um tecido macio e de boa qualidade.

Quem faz, quem usa?

A pioneira em criar modelos sustentáveis é a Osklen, marca brasileira – para o nosso orgulho. Desde 1998 ela vem criando roupas a partir de garrafas PET. Em 2017, a marca reciclou mais de 270 mil garrafas plásticas. Isso contribui, também, na economia de água e de emissão do gás carbônico (CO2).

 

Grifes como Chanel, Valentino e Balenciaga apostaram no material para criar uma moda mais sustentável. Itens como casacos, luvas, chapéus, botas, estão entre as criações das marcas.

E pensa que é só o plástico que pode ser reciclado? A marca de malas de viagem Hamilton Perkins confirma que não! Muita criatividade em jogo ao criar bolsas 100% recicláveis – parte em garrafas de plásticos e outra parte ( o forro) com vinil utilizado anteriormente em outdoors.

Emma Watson, conhecida por seu papel emblemático em Harry Potter, também aposta na sustentabilidade como maneira de vida. No baile do MET, chamou a atenção por aparecer com um vestido feito de garrafas PET, criado por Calvin Klein. No mesmo evento, Gisele Bundchen também apostou nessa tendência sustentável, usando um modelo 100% orgânico.

Não deixe de ler: Quais são as melhores formas de reaproveitar o plástico?

Para o ano de 2019, a grife Louis Vuitton lança a tendência de bolsas de plástico. A cantora Rihanna foi clicada no desfile da marca, usando o modelo emblemático!

E na hora de dizer sim? É nisso que o estilista curitibano, Edson Eddel, pensou! Ele criou vestidos de noivas sustentáveis, com plástico reciclado. A ideia dele foi misturar vários materiais nobres, entre cristais, seda, e, é claro, o plástico. Ótima iniciativa, não é?

Os cuidados com roupas e acessórios de plástico

Para garantir a durabilidade desses produtos, siga as nossas dicas:

  1. Em hipótese alguma coloque na máquina de lavar. Para manter o acessório limpo, utilize apenas um pano úmido;
  2. Não estique o tecido;
  3. Não deixe secar no sol e/ou perto de fontes de calor, já que o plástico pode derreter;
  4. Para manter brilhante, use silicone líquido.

Outras dicas que valem a pena serem seguidas para ajudar o meio ambiente têm a ver com a consumação em massa. A moda precisa ser sustentável. Então, para começar, evite comprar roupas desenfreadamente. Tente usá-las por mais tempo, trocando somente se houver necessidade.

Se cansou do look, mas ele ainda está conservado? Que tal fazer um bazar com as amigas e atualizar o guarda-roupa de cada uma? Se estiver precisando de uma graninha, ir em brechós também vale a pena! Você se desfaz daquilo que não precisa e de quebra aumenta seu orçamento.

Descubra: Como brechós podem ajudar a criar o hábito do consumo consciente?

Aquela calça jeans ainda está boa, mas você deu uma enjoada? Invista na customização! Há vários vídeos e tutoriais pela Internet ensinando a deixar aquela roupa antiga com cara de nova – e ainda na moda! Com miçangas, patches e outras aplicações, o modelo pode ser atualizado e se encaixar novamente em sua vida. Basta usar a criatividade!

O mais interessante de tudo isso é que cada vez mais a moda se une ao estilo de vida das pessoas – e sabemos que a preocupação com o meio ambiente está se tornando prioridade. Ter a certeza de que a moda também pode ser sustentável, além de ajudar a preservar o planeta, nos dá mais uma razão para amá-la!

Você conhece mais alguma tendência relacionada ao plástico e/ou outros materiais recicláveis? Compartilhe conosco nos comentários!

Associe-se