Almoço entre os presidentes da FIRJAN e SIMPERJ estreitam laços para trabalho em conjunto pela alavancagem do setor de plásticos

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Ontem, 01/08/19, nosso presidente, Gladstone Santos Junior, e o presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, almoçaram juntos, a convite do próprio.

Esta foi uma oportunidade de conversar e de expor o cenário da indústria de transformação de plástico em nosso estado.

Principais assuntos abordados:

No Rio de Janeiro, temos uma cadeia completa do Plástico:

  • Produzimos o Gás durante a exploração do petróleo, com expectativa de aumento e redução de preço com o início da exploração do pré sal.
  • Produzimos as resinas termo-plásticas, na Reduc – Braskem

Apesar disso, a indústria de transformação encolheu nos últimos anos. Mas o Rio de Janeiro continua sendo o 2º mercado consumidor do país. Produzimos commodities, exportamos a um preço barato para outros estados e, depois, compramos de volta os produtos terminados com preços muito mais altos.

O incentivo à transformação de plásticos precisa ser visto, pelo Governo do Estado, não só pela geração de empregos e impostos, mas por uma questão econômica.

A cadeia do Plástico deveria ser estratégica para a recuperação e desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro. Incluímos também na Cadeia do Plástico a 4ª Geração: A Reciclagem.

O Dr. Eduardo Eugênio compreendeu, e irá solicitar à Gerencia Geral de Competitividade um estudo que traduza essa situação.
No próximo dia 07/08 o Governador Wilson Witzel estará na Firjan e ele convidou o Simperj para estar presente. A pauta é: reivindicações setoriais.

Estaremos lá!

Gladstone Santos Junior,
Presidente do Simperj.

Associe-se