Homenagem à Professora Eloísa Biasotto Mano

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No ano de 1924, nascia aquela que que ficaria conhecida como uma das mentes mais brilhantes no setor de polímeros no Brasil. Eloísa Biasotto Mano foi uma grande cientista, pioneira na Pesquisa de Polímeros no Brasil.

Conhecida no exterior como “pequena notável”, sua dedicação total à ciência elevou a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ao patamar mais alto da ciência, como resultado de sua persistência, determinação, e luta pelo que acredita.

Eloísa teve uma passagem marcante na academia, tanto no Brasil quanto no exterior. Foi a responsável pela criação do primeiro Grupo de Pesquisadores em Polímeros no Brasil, em 1968. Este grupo originou o atual IMA/UFRJ, que posteriormente passou a se chamar, em sua honra, Instituto de Macromoléculas Professora Eloísa Mano, em 1994, ano de sua aposentadoria compulsória.

A professora foi premiada diversas vezes longo de sua carreira, dentre eles está a comenda máxima Educatio et Labor, conferida pelo SENAI/RJ e Sistema FIRJAN, RJ. Foi autora de dezessete livros técnicos na área de Polímeros, como por exemplo, “Introdução a Polímeros”, livro de referência no universo acadêmico.

Em sua homenagem, a Associação Brasileira de Polímeros, criou o prêmio Profª. Eloisa Mano.

Eloísa foi uma mulher notável durante toda a trajetória de sua carreira. Sua luta e inesgotável dedicação trouxeram-lhe grande reconhecimento nacional e internacional. Sua história ficará para sempre marcada como uma das cientistas mais importantes na área de Polímeros.

Associe-se