Parceria entre SIMPERJ e Firjan ajuda no cumprimento da Lei de Logística Reversa

A Firjan desenvolveu um guia para orientar a sua empresa na hora de preencher os documentos previstos na Lei Estadual de Logística Reversa: o Plano de Metas e Investimentos.

 

Como esse guia vai ajudar as empresas?

A Política Nacional de Resíduos Sólidos – Lei 12305/2010 recebeu um reforço no estado do Rio de Janeiro com a publicação da Lei Estadual 8151/2018 e, no ano passado entrou em vigor sua regulamentação.

Agora as indústrias que precisam justificar a logística reversa de suas embalagens passam a ter novas obrigações.

O Guia, na verdade, é um manual prático para facilitar a compreensão e o cumprimento dessas novas exigências estaduais.

 

Qual a importância das empresas se adequaram a Logística Reversa?

A logística reversa é muito importante para o futuro da relação comercial.

Garantir que as embalagens sejam melhor pensadas, desenhadas e desenvolvidas para garantir seu retorno e aproveitamento é o primeiro passo. Atribuir responsabilidades para este trabalho e garantir que essas embalagens ganhem um novo ciclo em suas vidas é fundamental.

Nós do SIMPERJ apoiamos esse trabalho. As embalagens plásticas são mais leves, mais eficientes, consomem muito pouca água e possuem alternativas mais sustentáveis com emissão ZERO de CO2 com o plástico de fontes renováveis.

E são 100% recicláveis.

O plástico é a melhor alternativa para o plano de logística reversa de qualquer empresa.

Atualmente sofremos com a imagem do plástico poluidor, mas o plástico é atóxico ele não polui. O plástico é descartado de forma incorreta o que falta é educação e conscientização.

Acreditamos que a PNRS ajude a criar uma nova política de destinação correta de resíduos.

 

Quais as novidades e o quanto isso é eficaz?

As novidades no RJ é que, agora, as indústrias embaladoras de produtos precisam divulgar no formulário eletrônico no site da Secretaria de Meio Ambiente qual será sua estratégia para garantir e promover a Logística Reversa de suas embalagens, quais são as metas e acompanhar a execução deste trabalho.

 

 

 

Tem mais alguma dúvida? Mande um e-mail para [email protected]. Teremos o maior prazer em responder!